Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




No outro dia li um artigo do Daniel Sampaio “os pais não são amigos dos filhos” em que defendia sobretudo que desde os anos 70 e 80 tem havido uma maior aproximação emocional e física entre pais e filhos, o que encara como uma coisa positiva. Mas não deixa de fazer a ressalva que os pais são adultos e é necessário que ajam como tal de modo a que possam exercer a sua autoridade e função parental. Gostei, tal como gosto de quase tudo o que ele escreve. Mas pôs-me a pensar, tal como quase tudo o que ele escreve! 

Fiquei a pensar nas vezes em que digo a brincar (mas ao mesmo tempo muito a sério) que parece que tenho 3 filhos em vez de dois; nas vezes em que tenho que dizer ao pai: ”não tens a idade deles, porta-te bem…”; nas vezes em que digo aos três ao mesmo tempo para se acalmarem, pois são quase horas de ir para a cama. Enfim… se fosse a citar todas as situações, nunca mais daqui saía.IMG_20170320_122913.jpg

De facto considero que somos uns pais “porreiros”, que sabemos acompanhar os filhos, que nos divertimos com eles e eles connosco. Mas também percebi que somos pais bem resolvidos neste assunto das amizades com os filhos. Gostamos de estar juntos, em família, sabemos nos divertir e estar próximos deles. No entanto, não quer dizer que nos esquecemos das nossas outras funções como pais, com tudo o que isso traz de bom e de menos bom.

Concluí que o Daniel Sampaio tinha razão naquilo que dizia. As crianças têm (ou deveriam ter) amigos e amigas da sua idade para brincar, interagir e socializar. Os pais não podem nem devem querer fazer esse papel. Brincar com os filhos, estar emocionalmente e fisicamente próximos deles, mas nunca esquecer do nosso papel e lugar de adultos e pais. Até porque é isso que as crianças esperam e precisam da parte dos adultos!

Autoria e outros dados (tags, etc)





Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D