Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Gosto de tirar fotos. Mais do que tirar, gosto de as ter, guardar no computador, organizar por datas ou por acontecimento e ver de vez em quando para recordar: “Foi tão giro u eram tão fofos” são normalmente as expressões que acabamos por dizer. Por isso, tiro fotos a quase tudo!

20160613_164539.jpg

 Estou muitas vezes do lado de trás da máquina fotográfica (ou 

mais precisamente do telemóvel) ou tenho que me levantar e sair de cena constantemente para tirar o uma foto. “Espera, espera... vou só tirar uma fotografia!” digo demasiadas vezes para poder fotografar o momento.

Quando a mais velha começa a refilar “oh mãe, outra vez não”, quando o mais novo interrompe as brincadeiras para dizer “vou tirar uma foto, como faz a mãe” ou quando até o marido diz "outra vez?!", acho que está na altura de perceber a mensagem.

Está na altura de passar a aproveitar o momento e não me preocupar em fotografar para mais tarde recordar como eram fofos ou o tamanho que tinham. Aproveitar e viver para recordar sobretudo o que sentimos e vivemos. E para essas recordações não precisamos de fotografias porque as guardamos no coração e são elas que fazem a nossa história familiar...

Autoria e outros dados (tags, etc)





Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D