Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




No outro dia fui levar os filhos à escola (como, aliás vou muitas vezes!) e, ao sair de casa disse para os filhos (como digo muitas vezes!) “a mãe não é burro de carga... uma ajudinha, por favor”.  Cada um faz a sua parte no que toca a carregar as coisas para a escola tendo em conta o seu tamanho e idade (e acreditem que não são poucas coisas). Ao estacionar ao pé da escola reparei que muitas mães levavam com elas as lancheiras dos filhos, as mochilas, os sacos de ginástica, os brinquedos e algumas até levavam os próprios filhos ao colo!

A mãe não é burro de carga. Se começarmos desde pequeninos a habituar os filhos a levar a sua própria mochila ou os seus objetos (dentro dos limites do razoável, como é claro) eles aprendem desde logo a importância da cooperação e da interajuda, tornam-se mais responsáveis pelos seu objetos, mais autónomos, mais confiantes e participam em pequenas ações do dia a dia, não se limitando a ser meros observadores.

Se forem para a escola (ou para outro lado qualquer) pelo seu próprio pé em vez de andar sempre ao colo ou no carrinho  aprendem a andar na rua, começam a ter noção das regras de trânsito e de segurança na rua, tornam-se mais autónomos e confiantes.

Claro que a autonomia tem um preço. Neste caso o preço é o tempo que se dispende e todos sabemos que de manhã não há tempo a perder. Por isso vão aproveitem para treinar à tarde quando os vão buscar ou ao fim de semana. Vão ver que num instante já os filhos vão pelo seu próprio pé para a escola e com a sua mochila às costas! E tanto eles como vocês vão ficar muito orgulhosos de estarem tão crescidos.

Autoria e outros dados (tags, etc)





Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D